Nós, da Aguardente TIQUARA, ao procurarmos um produto que resgatasse a verdadeira cachaça artesanal, não encontramos. As cachaças hoje encontradas são totalmente industrializadas, pois para se produzir um grande volume de produto é necessária a utilização de herbicidas e inseticidas no canavial, a queima da cana para facilitar a colheita, a adição de ácidos para acelerar o processo de fermentação, destiladores de coluna para produção contínua, que impedem a separação do coração da cachaça, engarrafamento com adição de xarope de açúcar para melhorar o paladar, sem o descanso necessário para evaporação do álcoois inferiores, o que resulta num produto padronizado, sem as qualidades que esta bebida genuinamente nacional merece.

Para se produzir uma cachaça orgânica genuinamente artesanal é necessário resgatar os métodos de fabricação que deram origem a este produto.

Na Aguardente TIQUARA a cana-de-açúcar é produzida de forma totalmente orgânica, sem adubação química, o controle de ervas daninhas é feito por capina e o dos insetos por inseticidas biológicos.

Despalhada manualmente, a cana é lavada e moída para extração do caldo, que é levado as dornas para fermentação com leveduras provenientes do milho. Destilada em alambique de cobre tipo cebola, a cachaça é filtrada em carvão ativado e levada para envelhecimento em tonéis de carvalho por no mínimo de um ano, o que lhe proporciona sua característica cor dourada e um paladar e buquê inigualáveis.

A produção artesanal e orgânica da Aguardente TIQUARA é pequena, utilizando-se apenas de cana-de-açúcar certificada proveniente de sua plantação, com rígido controle de qualidade do canavial à sua mesa, o que resulta num produto que agrada aos mais exigentes paladares